Início Cidades Aos 24 dias, greve no INSS em MT não tem previsão de...

Aos 24 dias, greve no INSS em MT não tem previsão de encerramento

0
Compartilhar

Em greve há 24 dias, os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Mato Grosso ainda não têm previsão de retomada das atividades e aguardam posicionamento do governo federal. As 37 agências no estado, segundo Cleones Celestino Batista, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Seguridade, Trabalho e Previdência Social (Sindsprev-MT), aderiram ao movimento e estão com as atividades paralisadas.

Entre elas, três unidades localizadas em Cuiabá e outra em Várzea Grande, região metropolitana da capital. O líder do movimento disse ainda que são realizados apenas os atendimentos agendados pelo telefone 135, que seriam as perícias médicas. Não são feitos, segundo ele, atendimentos de serviços de auxílio-doença, pensão e pedidos de aposentadoria.

Cerca de 800 servidores estão com as atividades paralisadas em todo o estado reivindicando reposição salarial de 27%, além de melhorias na estrutura das agências, valorização do servidor e também contratação de mais funcionários.

“Houve uma reunião com representantes do comando de greve em Brasília e estamos aguardando a proposta do governo federal, que deverá ser apresentada nesta quinta-feira (30), para levar à categoria e decidir se vamos encerrar a paralisação”, frisou Batista.

O sindicato aponta que os profissionais reclamam das condições precárias de trabalho como a lentidão dos sistemas operacionais e a estrutura física das agências do INSS que está defasada. A categoria cobra ainda realização de concurso público para suprir a demanda por profissionais e jornada de 30 horas semanais, sendo que fazem 40 horas.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here