Início Cidades Mato Grosso Coluna do GURU: Estado faz empenho para Hospital Regional; União dos políticos...

Coluna do GURU: Estado faz empenho para Hospital Regional; União dos políticos teve saldo positivo

0
Compartilhar

Uma fonte relatou a Coluna do GURU  que o Secretario de Saúde do Estado do Mato Grosso ligou(o GURU  não conseguiu apurar se  foi ao prefeito Lafin ou ao Diretor do HR), informando que o pagamento referente a novembro e dezembro, foi empenhado hoje(02) e cairá na conta do Hospital Regional na segunda-feira(06).

Se de fato esse pagamento venha se consolidar na segunda-feira,  pode-se dizer que a “romaria” dos prefeitos e vereadores dos 15 municípios do médio norte matogrossense, a Cuiabá, surtiu efeito e conseguiu o objetivo almejado, sendo  em tese uma grande vitória da classe politica regional,  dando novamente, um folego, uma respirada  a saúde do Hospital Regional de Sorriso.

Segundo o que se ouve nos bastidores,  um engajamento como este  não teria ocorrido há anos na região, se é que um dia ocorreu com esta magnitude.

Grande parte destes representantes públicos que foram em romaria a Cuiabá assumiram as funções de prefeito e  de vereador a poucos dias e parece não estarem medindo esforços para cobrar, e exigir  aquilo que realmente é necessário  aos cidadãos do médio norte matogrossense, neste caso  em  ter um hospital com as mínimas condições de atendimento.

 O Hospital Regional de Sorriso,  por anos, sempre foi referência no quesito  saúde no estado do Mato Grosso.

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, que  também é o presidente do consórcio intermunicipal de saúde,  unidos  aos 15 municípios, compram exames e medicamentos a  preços mais acessíveis. Juntamento com o  Estado tem planos para   fazer  com que o consórcio volte a administrar  o hospital.

O governo do Estado  tem sinalizado em entregar a administração ao consórcio, mas da maneira que esta, sem  cronogramas de repasses, se receber desta maneira, a nova administração poderá estar recebendo uma é “bomba”, e certamente estourará na mão do presidente  Lafin, pois o Estado do MT  atravessa uma crise financeira sem precedente e até o momento  não há  nenhuma garantia de regularização nos repasses.

 Lafin mesmo sendo o presidente do consórcio terá uma dependência quase que finita  dos demais prefeitos e vereadores, pois terão que se unir para cobrar a regularidade dos  repasses.

A principio o prefeito de Sorriso tem demonstrado ter um ótimo engajamento com  grande parte dos prefeitos destes 15  municípios,  conseguiu ter uma simpatia bastante cordial  destes. Em seus discursos, Lafin  sempre se refere sem  ataques pessoal, mas demonstra  ter  pulso bastante firme nas cobranças, onde transparece não admitir que os processos deixe de continuar avançando.

Coluna do GURU

Veja também:

Sorriso: Governador Pedro Taques garante repasses e a reforma do HR

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here