Cuiabá: Pastor conhecido por ser ‘ex-travesti’ morre na madrugada deste domingo

Cuiabá: Pastor conhecido por ser ‘ex-travesti’ morre na madrugada deste domingo

0

O pastor batista Joide Miranda faleceu na madrugada deste domingo (12), em Cuiabá, no Hospital Santa Rosa, vítima de uma parada cardíaca e de complicações no fígado. Ex-travesti, o líder religioso era conhecido pelos testemunhos e tinha até mesmo um ministério próprio (veja AQUI).

Joide tinha 47 anos e até os 26 se reconhecia como travesti. O pastor afirmava que sua identidade sexual foi ‘restaurada completamente pelo poder da palavra de Deus’. No início do ano, em entrevistas, ele afirmou que sofria ameaças de morte por defender a ‘restauração sexual’.

Em seu site, o pastor contava que nasceu em um lar espírita, tinha pai alcoólatra e foi abusado aos seis anos de idade. Além disso, afirmava que sua mãe o levou para fazer três ‘pactos’ em centros de umbanda e cemitérios.

De acordo com a nota de falecimento publicada pela Igreja Batista Nacional Peniel, o culto deste domingo (12) será em homenagem ao pastor, a partir das 19h. Logo depois, o corpo será velado durante a madrugada no Tabernáculo da Igreja Batista Nacional Peniel.

Joide deixa esposa (Missionária Edna Miranda) e um filho (Pedro Miranda).

Compartilhar

Deixe um Comentário