Início Cidades Lucas do Rio Verde Lucas do Rio Verde: Polícia Civil esclarece homicídio e prende 3

Lucas do Rio Verde: Polícia Civil esclarece homicídio e prende 3

0
Compartilhar

Um homicídio, ocorrido na madrugada desta sexta-feira (24.04), em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte), foi esclarecido durante uma ação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, no município. Durante as diligências, três pessoas foram presas em flagrante apontadas como coautoras do crime.

 

Os acusados Darcilei da Silva, 25, o “Dadá”, Karina Cristina Pereira, 18, e Júlio Cezar da Silva Souza, 21, foram autuados pelos crimes de homicídio qualificado da vítima, Fernando de Pádua Guimarães, 28, assassinada com vários golpes de barra de ferro e pedradas na cabeça.

 

Dando inicio as investigações, policiais receberam a informação de que o crime foi motivado pelo fato do irmão da vítima, Paulo Sergio de Pádua Guimarães, 20, ter se relacionado com Karina, convivente do acusado Darcilei.

 

Durante o dia, Darcilei e Paulo tiveram uma briga em que entraram em luta corporal, em razão de ciúmes de Karina. Em seguida, o acusado juntamente ao seu irmão Júlio Cézar, foi até a casa da vítima Fernando, em posse de uma arma de fogo calibre 38 e ameaçou toda família.

 

Mais tarde, Fernando, em posse de uma arma de fogo tipo baretta, calibre 22, foi até um bar no bairro Jardim Imperial, onde efetuou um disparo contra a perna de Darcilei, que estava no local com Karina. O acusado e a companheira conseguiram dominar a vítima, que enquanto estava sendo desarmada por Darcilei, foi atingida com um golpe de barra de ferro desferido por Karina.

 

Após cair no chão, Fernando ainda foi atingido por vários golpes na cabeça, que ocasionaram a sua morte. Enquanto estava caído, o adolescente A.S.O., 16, auxiliou os suspeito, desferindo várias tijoladas na cabeça da vítima, que ainda teve sua arma de fogo subtraída por Darcilei.

 

Durante as diligências, policiais apreenderam a arma de fogo da vítima e o revolver calibre 38 utilizada para ameaçar seus familiares. Os acusados foram autuados em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe e meio cruel. Darcilei responderá também pelo furto da arma de fogo da vitima.

 

A diligência foi coordenada pelos Delegados Bruno Sérgio Magalhães Abreu e Rafael Scatolon.

Fonte: MTnoticias.net com assessoria

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here