MT: Criminoso atingido durante troca de tiros em área nobre terá de...

MT: Criminoso atingido durante troca de tiros em área nobre terá de amputar a perna; fotos e vídeo

0

Um dos criminosos presos pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (17), após roubar uma Hilux e clientes na empresa Borges Veículos, no bairro Renascer, em Cuiabá, terá de amputar a perna. D.L.A., 22 anos, foi atingido na perna durante troca de tiros com policiais militares, no bairro Bosque da Saúde.

Conforme as informações do 3º Batalhão, além de D.L.A., também foram presos: V.C.M., 22 anos e W.N.G.F., 23 anos. O quarto suspeito envolvido no crime conseguiu fugir. Todos eles invadiram a Borges Veículos e e renderam funcionários e cliente, mandaram que eles deitassem no chão.

Do local, foram levados joias, carteiras, aliança e uma caminhonete Hilux, que foi utilizada para a fuga. Os criminosos foram interceptados na lateral da Estação do Pão. Os suspeitos então desceram do carro e começaram a atirar contra os policiais, que revidaram. D. e W. foram atingidas na perna.

Os ferimentos em D. foram mais graves e segundo o médico ele terá que amputar o membro. O outro comparsa não foi atingido. Nenhum policial ficou ferido na ocorrência. Com os ladrões foi encontrado uma arma de fogo com seis munições intactas, R$ 90 em espécie, uma nota de dólar, bloqueador de sinal e quatro celulares. D. e W. foram pegos nas proximidades do fato.

V.C.M. foi preso em frente a Dercoliz Lar Center, na avenida do CPA (Historiador Rubens de Mendonça). Apenas alguns objetos das vítimas foram recuperados. Os dois suspeitos baleados foram encaminhados para o atendimento médico e o outro para a Central de Flagrantes. A reportagem do Olhar Direto tentou contato com algum responsável pela Borges Veículos, mas ele não estava no momento.

Veja o momento em que um dos criminosos é preso:

O caso

Quatro criminosos armados roubaram uma caminhonete (Hilux) no início da tarde desta segunda-feira (17) e trocaram tiros com policiais militares, no bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. Conforme as primeiras informações, os suspeitos foram perseguidos pelos militares até que bateram o veículo, que foi levado de uma empresa, localizada na Estrada do Moinho.

Olhar Direto/Wesley Santiago

Compartilhar

Deixe um Comentário