MT: Diácono da igreja católica se afoga e desaparece em rio

MT: Diácono da igreja católica se afoga e desaparece em rio

0

Um diácono da igreja católica se afogou e desapareceu no Rio das mortes, na Cachoeira da Fumaça, em Novo São Joaquim, a 493 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, Wilton Oliveira, de 31 anos, estava com amigos quando se afogou e foi levado pelas correntezas. O afogamento ocorreu nesta segunda-feira (31). Ele continuava desaparecido até a manhã desta terça-feira (1º).

A arquidiocese de Primavera do Leste, ao qual Wilton pertence, confirmou o desaparecimento. A unidade disse que o diácono atua na paróquia São Joaquim, em Novo São Joaquim. De acordo com a PM, testemunhas relataram que Wilton, ao tentar atravessar a nado de uma pedra a outra – foi levado pela correnteza do rio. Ele estava na companhia de outras sete pessoas.

Os amigos da vítima e alguns moradores fizeram buscas por conta própria no local do afogamento, no entanto, o diácono não foi encontrado. Uma equipe dos bombeiros de Barra do Garças, que fica a 235 km de Novo São Joaquim, vai até a região para tentar encontrar a vítima. A cidade não conta com um batalhão dos bombeiros. A previsão é que busca comece no período da tarde desta terça-feira.

Denise Soares do G1 MT/Foto: Divulgação/PM

Compartilhar

Deixe um Comentário