MT: Ex-delegado foi baleado na perna e braço; estado de saúde é...

MT: Ex-delegado foi baleado na perna e braço; estado de saúde é grave

0

O ex-delegado da Polícia Civil de Mato Grosso, Arnaldo Sottani, preso com 150 quilos de cocaína em um avião na tarde desta segunda-feira (26) em General Carneiro (442 Km de Cuiabá), foi baleado na perna e braço durante a ação.

De acordo com a Polícia Federal, era o ex-delegado quem pilotava a aeronave. A PF afirmou que, na abordagem, ele tentou atropelar os agentes com o avião.

Neste momento, os policiais reagiram e atingiram Sottani. Ele foi socorrido pelo Ciopaer (Centro Integrado de Operações Aéreas) e encaminhado para o Pronto-Socorro de Barra do Garças (509 km da Capital).

A reportagem entrou em contato com a unidade e um agente da Polícia Federal informou que ex-delegado estava passando por uma cirurgia.

Segundo o agente, que preferiu não ser identificado, o quadro de saúde de Santoni é grave, mas considerado estável.

Além do ex-delegado, outras quatro pessoas foram presas durante a ação. Eles foram levados para a sede da PF em Cáceres (225 km de Cuiabá).

A droga, a aeronave e um caminhão também foram apreendidos.

Sottani foi demitido pelo Governo do Estado, em 2013, por suposto desvio de conduta. Segundo o processo administrativo, ele teria recebido dinheiro para interferir nos rumos de uma investigação de roubo de gado em Carlinda (724 km da Capital), em 2009.

Com a demissão, o ex-delegado deixou de receber o salário e eventuais verbas indenizatórias.

Sottani também chegou a ser preso em 2010 e processado pelo crime de tráfico de drogas, supostamente ocorrido em Goiás, mas acabou absolvido no caso.

Midia News/Thaiza Assunção

Compartilhar