MT: Fábio Galindo recebe aval de Taques para ditar rédeas da segurança...

MT: Fábio Galindo recebe aval de Taques para ditar rédeas da segurança e comandos militares terão de seguir

3

A chave do comando da Secretaria de Estado de Segurança Pública está com o promotor de justiça Fábio Galindo Silvestre. A mensagem tácita passada pelo governador José Pedro Taques (PSDB), durante a cerimônia de posse do novo comandante geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Gley Alves  Castro, no Quartel do Comando Homens do Mato, dando mostras de que a experiência de 2015, na SESP, serviu para corrigir rumos, em 2016.

Fábio Galindo tem a missão de conseguir o que é tentado há décadas: fazer com que as Polícias Militar e Judiciária Civil trabalhem de foram integrada. “Precisamos de um trabalho integrado, de sinergia e integração para conseguirmos alcançar a transformação que queremos”, cobrou ele, sem rodeios, para a reportagem do Olhar Direto.

O titular da SESP lembrou a ordem de Pedro Taques, de que ninguém comanda sozinho e a integração será essencial para o êxito do governo de Mato Grosso no combate ao crime.  Ele alerta que segue a ordem do chefe de Estado, de integração das instituições e citou que o novo comandante da PM terá essa importante missão.

“Queremos ver uma segurança jamais vista anteriormente, unida, com forte policiamento nas ruas, com mais equipamentos operacionais, com mais qualidade do atendimento ao cidadão. É isso que queremos, um Estado de transformação”, destacou Galindo, utilizando o slogan do governo.

Pedro Taques cobrou de Galindo e do novo comandante Gley Alves Castro ação firme em prevenção e repressão ao crime e à desordem, prestação de serviço de qualidade à população, ampliação da sensação de segurança da população e valorização profissional. Gley Alves de Castro assumiu em substituição ao coronel Zaqueu Barbosa, que comandou a tropa desde janeiro de 2015.

O governador destacou a importância do policiamento ainda mais ostensivo e preventivo nas ruas. E ressaltou que o novo comandante terá como meta manter um policiamento mais ostensivo nas ruas de Cuiabá e Várzea Grande.

No evento, Pedro Taques elogiou coronel Zaqueu, por seu período à frente da instituição.  “No comando do Zaqueu tivemos vários avanços. Conseguimos implementar o efetivo e adquirir novos equipamentos e viaturas. Foi um comando compromissado com a instituição e empenhado em garantir a segurança ao cidadão e vejo que o coronel Alves terá muito a fazer para ampliar esse legado deixado pelo coronel Zaqueu”, completou Taques.

A reportagem do Olhar Direto apurou que, nos bastidores, entre outros motivos, a saída do promotor de justiça Mauro Zaque da condição de titular da Secretaria de Estado de Segurança, em dezembro, seria por incompatibilidade de comando, com o coronel Zaqueu Barbosa. A tese de trombada entre Zaque e Zaqueu, contudo, nunca foi confirmada oficialmente, ficando no âmbito de boatos políticos.

Compartilhar

3 COMENTÁRIOS

  1. Quanta asneira nesse comentário. A senhora tem que procurar o Fórum pra resolver isso. Oque o secretário de segurança tem haver com isso… A matéria fala sobre as instituições e não somente sobre um policial. Eu bem….

  2. Tem que comessar fazendo com que os policiais paguem as pensão dos filhos e não ficar se escondendo tenho que pedir uma revisão de pensão não consigo por que o pai do meu filho dica se escondendo.isso também tinha que mudar

    • Se o cara é PM, é impossível que ele se esconda. Ele é lotado em alguma cidade de MT certamente, a qual é cadastrada no banco de dados da instituição. Se realmente a Sra diz a verdade, está, com todo o respeito, sendo no mínimo ingênua, para não dizer outro adjetivo. Pensão alimentícia é ordenada por meio judicial e no caso de funcionários públicos, debitado direto da folha de pagamento, sendo que, se seguido os trâmites legais, impossível até de atrasar. Seu comentário não tem qualquer nexo.

Deixe um Comentário