Início Cidades MT: Grupo criminoso que ameaçava produtores rurais é preso em Brasnorte

MT: Grupo criminoso que ameaçava produtores rurais é preso em Brasnorte

0
Compartilhar

Sete integrantes de uma quadrilha foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (30.08), na cidade de Brasnorte (579 km a Noroeste). A operação “Deméter” foi deflagrada para desarticular o grupo criminoso considerado de alta periculosidade que agia em conflitos de terras, na Gleba Tibagi, zona rural do município.

A investigação apurou e identificou uma “milícia” armada, que vinha ameaçando moradores e produtores da região para deixarem suas propriedades. A ação foi deflagrada com apoio da Polícia Militar, resultando também na apreensão de 7 armas de fogo de grosso calibre e munições.

Os presos Reni Junior Izi, Carlito Bento Mendonça, Adelino Francisco dos Santos, Luiza Jacinta Castilho, e Isangela Maria Coelho Martins, foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio, formação de milícia armada, porte e posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito.

Já o casal, José Salésio Nazário dos Santos e Nilcelia Aparecida dos Santos, foi preso em flagrante por porte e posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito, e formação de milícia armada.

Os suspeitos foram surpreendidos reunidos em um bar, onde as armas de fogos eram guardadas. No momento da abordagem policial, alguns dos envolvidos tentaram fugir do local, um deles (Adelino) atirou contra os policiais e conseguiu adentrar em uma mata. No entanto, minutos depois acabou sendo localizado e detido.

Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Brasnorte, e interrogados pelo delegado de polícia Waner dos Santos Neves.

“Várias vítimas haviam procurado a Polícia Civil para denunciar, incluindo alguns produtores que estavam amedrontados com as constantes ameaças. O grupo agia fortemente armado e estava obrigando as pessoas a deixarem suas terras”, explicou o delegado Waner dos Santos Neves.

Compartilhar