MT: Pescaria no Rio Manso pode render a morador recorde mundial

MT: Pescaria no Rio Manso pode render a morador recorde mundial

0

O pescador Alisson Fagner dos Santos Trindade pode ter conseguido bater um recorde mundial na modalidade de pesca bait casting com isca artificial, no último dia 30 de outubro (sexta-feira). O rapaz, que é perito criminal, conseguiu fisgar uma Piraputanga de 3,72kg, no Rio Manso (a 100 quilômetros de Cuiabá) o que o credencia ao recorde mundial.

“Eu estava pescando no Rio Manso, como sempre faço e consegui pegar essa Piraputanga de 3,72kg, pelo o que eu tenho conhecimento é um recorde mundial. Toda a documentação leva cerca de trinta dias para levantar, depois é encaminhado para os Estados Unidos da América (EUA) e o prazo para homologação e de mais 60 dias”, disse o pescador.

Alisson pesca desde os sete anos, mas começou a pesca esportiva com isca artificial há três anos: “Normalmente pratico o pesque e solte. Este peixe não foi solto, pois vi a possibilidade de ser um recorde. O peso médio para uma Piraputanga é de 800g a 1,5kg. No Rio Manso é comum a captura de Piraputangas e Dourados”, relata.

“O tamanho médio de uma pera é 35 cm, a que eu pesquei tinha 60,3 cm”, finalizou o pescador. Alisson é natural de Jardim (MS), mas mora há quatro anos em Cuiabá. O possível recorde será analisado pela IGFA (International Game Fish Association), que é a associação responsável por fazer a validação.

Compartilhar

Deixe um Comentário