Início Cidades MT: PM atropelado por bêbado durante blitz está internado

MT: PM atropelado por bêbado durante blitz está internado

0
Compartilhar

Um soldado da Polícia Militar foi atropelado durante uma blitz realizada na MT-100, em Ribeirãozinho, a 465 km de Cuiabá, na noite do último sábado (28). Fred Xavier Rêgo sofreu fraturas nas duas pernas e precisou ser transferido por uma aeronave da Secretaria Estado de Segurança Pública (Sesp), na tarde de domingo (29), para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Cuiabá, onde se encontra internado. Segundo a assessoria da PM, o estado de saúde do soldado é estável.

De acordo com a PM, o soldado participava de uma abordagem de veículos na rodovia estadual quando uma moto, que trafegava em alta velocidade em direção à Torixoréu, a 577 km da capital, o atingiu. Segundo a polícia, o motorista estava visivelmente embriagado e admitiu ter ingerido bebida alcoólica. Ao avistar a blitz, o condutor teria tentado furar a fiscalização, atingindo o PM Fred Xavier e quase atropelando um outro policial.

Conforme informações divulgadas pela polícia, o soldado sofreu fratura exposta na tíbia da perna esquerda e traumas em três pontos da perna direita. Ele está realizando procedimentos prévios para passar por cirurgia, no entanto, segundo o irmão dele, Fábio Xavier Rêgo, os médicos ainda não informaram quando e quantas cirurgias serão necessárias. O policial também pode ser transferido para um quarto no hospital ainda nesta segunda-feira (30).

Sem habilitação
Consta no boletim de ocorrência que, no momento do atropelamento, a viatura da PM estava no acostamento, com os faróis e giroflex ligados como forma de alerta aos motoristas. Os policiais checavam os documentos de outros condutores quando o motociclista tentou furar a barreira.

Segundo a PM, o condutor da motocicleta não portava carteira de habilitação e foi preso em flagrante, sendo encaminhado, em seguida à Delegacia de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Conforme a polícia, ele deve responder lesão corporal grave, direção perigosa e condução sob efeito de álcool.

Compartilhar

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here