Início Cidades Mato Grosso MT: Polícia Civil desarticula quadrilha de grilagem de terras em Porto Esperidião

MT: Polícia Civil desarticula quadrilha de grilagem de terras em Porto Esperidião

0
Compartilhar

Uma operação da Polícia Judiciária Civil, deflagrada na tarde de quinta-feira (22.05), desarticulou parte de uma organização criminosa, que atuava na grilagem de terras no município de Porto Esperidião (326 km a Oeste). Na ação, os acusados Paulino Alves de Freitas, 55, José Moreira de Oliveira, 37, o “Zé Lacerda” e Gilberto Barrozo Junior, o “Betinho” foram autuados em flagrante pelo crime de esbulho possessório, posse irregular de munição de uso restrito e associação criminosa.

De acordo com as investigações, os invasores montaram a associação criminosa de modo estável, com objetivo de cometer crimes ligados à grilagem de terras na região de Porto Espiridião.

Segundo o delegado Wilson Souza Santos, o grupo criminoso atuava na região desde 2012, na tentativa de tomar posse das terras da fazenda Nova Bom Jesus, no distrito de Vila Cardoso, região a 120 quilômetros da fronteira com a Bolívia. “Além de aterrorizar pessoas que prestavam serviço no local, os invasores faziam ameaças a autoridades da região”, disse o delegado.

Na quinta-feira (22), policiais da Delegacia de Porto Esperidião localizaram os suspeitos na fazenda, negociando lotes da propriedade. Em outras ocasiões, policiais realizaram diligências por toda área da fazenda e encontraram diversos barracos, comprovando a atuação dos invasores, no local.

A fazenda Nova Bom Jesus já foi alvo de outros ataques, como um incêndio criminoso no ano de 2011, que destruiu a residência (sede) da propriedade, alojamento dos funcionários (retiro), dois barracões, um galpão e todo o maquinário da propriedade. No ano de 2012, aconteceu uma chacina na propriedade quando 04 pessoas foram assassinadas com disparos de arma de fogo por pistoleiros.

Após serem autuados em flagrante, os acusados foram encaminhados para a cadeia pública de São José dos IV Marcos (315 km a Oeste).illegal-deforestation-and-land

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here