Início Cidades MT: Policiais são suspeitos de tentar extorquir motorista após acidente

MT: Policiais são suspeitos de tentar extorquir motorista após acidente

0
Compartilhar

Dois policiais civis são suspeitos de terem tentado extorquir um motorista, na noite de sexta-feira (7), na Avenida Archimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho), em Cuiabá. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o motorista – que trabalha como fiscal da Prefeitura de Cuiabá – ligou para polícia informando que estava sendo vítima de extorsão por parte dos policiais civis.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, foi instaurado um procedimento administrativo disciplinar pela Corregedoria Geral contra dois investigadores para apurar a suposta tentativa de extorsão praticada durante atendimento da ocorrência de acidente de trânsito. Com isso, os policiais serão afastados das funções até o fim das investigações.

Consta no boletim de ocorrência da PM que o motorista se envolveu em um acidente com um motociclista. O veículo dele foi guinchado após o acidente e o motociclista socorrido por uma ambulância. Dois policiais civis, sendo um homem e uma mulher, da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) foram ao local para atender a ocorrência. O fiscal teve documentos e celular apreendidos pelos policiais.

O condutor, que não quis se identificar, relatou ao G1 que a policial civil o chamou para dentro da viatura. A sós, a policial começou a ‘somar’ os valores das multas e gastos que o motorista teria após o acidente. “Quem tentou me extorquir foi a mulher. Ela começou a somar os valores, chegou a insinuar que eu estava embriagado, sendo que eu não estava. Insinuou que chamaria a imprensa. Ela perguntou quanto [de dinheiro] eu tinha comigo”, contou.

O motorista disse à investigadora que tinha R$ 300 na carteira. Ainda conforme versão do condutor, a policial civil começou a perguntar a profissão do motorista e disse que iriam até uma agência bancária para retirar mais dinheiro. De acordo com o boletim de ocorrência, os dois policiais e o fiscal foram até um banco, onde a policial teria dito ‘desce lá, saca mil [reais] e nos entregue com mais esses R$ 300 que você tem’.

No entanto, por conta do horário, o motorista não conseguiu entrar no local. Depois disso os três foram até um supermercado 24 horas que fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, onde o fiscal poderia retirar o dinheiro em um caixa eletrônico. “Eles ficaram no carro e eu entrei para sacar o dinheiro. Estava sem celular e pedi para um rapaz no supermercado emprestar o celular. Tive a oportunidade e fiz a denúncia no 190”, relatou.

Os policiais militares foram até o supermercado, encontraram os dois policiais e o motorista. Todos foram encaminhados para a delegacia. O motorista foi liberado após prestar depoimento ao delegado plantonista.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here