Início Cidades Mato Grosso MT: Segurança retoma ações do grupo de trabalho de roubo a banco...

MT: Segurança retoma ações do grupo de trabalho de roubo a banco com novos direcionamentos

0
Compartilhar

O novo direcionamento das ações do Grupo de Trabalho de Roubo a Banco, com a identificação de focos prioritários, foi o objetivo central da reunião do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), nesta terça-feira (14.07), na Secretaria de Segurança Pública (Sesp).

O Grupo de Trabalho de Roubo a Banco foi criado pela Sesp em março de 2011, por meio da portaria n.º 014/2010/GAB/SESP, para conter a onda de atividades criminosas praticadas às diversas redes de serviços bancários, especialmente na modalidade denominada “novo cangaço”, que aconteceu de forma latente entre os anos de 2010 e 2012, aterrorizando algumas cidades do interior de Mato Grosso.

A prática do “novo cangaço” foi fortemente reprimida em razão das ações preventivas e, principalmente, repressivas das polícias Civil e Militar no Estado, associada a esforços de Inteligência de instituições parceiras, entre elas a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. Tanto que a Segurança não registra nenhuma ocorrência do gênero em Mato Grosso desde abril do ano passado.

“Não temos mais quadrilhas articuladas de novo cangaço e assalto a caixas eletrônicos em Mato Grosso. Nos últimos crimes praticados a caixas eletrônicos, os bandidos não conseguiram sacar o dinheiro”, lembrou o delegado de polícia titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Flávio Stringueta. O delegado destacou ainda que os criminosos continuam tentando praticar o crime, mas que não conseguem capitalizar após a ação.

De 2010 a 2012, a Sesp registrou 31 ocorrências de assalto na modalidade “novo cangaço” no Estado. “O trabalho direcionado das polícias fez com que essas ocorrências caíssem de forma bastante contundente desde então em Mato Grosso”, enfatizou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada da Sesp, Héverton Mourett de Oliveira.

Em razão dessa estabilidade nos índices do crime de novo cangaço é que a Secretaria de Segurança quer manter as ações do Grupo de Trabalho de Roubo a Banco com ações preventivas, mais direcionadas aos crimes que ainda acontecem em Mato Grosso, como roubo a usuários dos serviços bancários (saídinha de banco), sequestros e assaltos à carro forte.

Além disso, será elaborado um plano estratégico de ação integrada para enfrentamento de roubo a banco em suas múltiplas faces, fortalecendo as medidas preventivas a serem adotadas pelas instituições bancárias.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here