Início Cidades MT: Taques entrega 27 viaturas aos menores municípios e promete mais 230

MT: Taques entrega 27 viaturas aos menores municípios e promete mais 230

2
Compartilhar

O governador Pedro Taques (PDT) entregou 27 viaturas da Polícia Militar para os municípios com piores situações de mobilidade, menores populações e piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), na tarde desta quinta-feira (23), em um evento realizado no Palácio Paiaguás. Ele ainda prometeu novas entregas, sendo de mais 30 viaturas da Polícia Judiciária Civil em agosto, e em 60 dias novas 200 para a PM.

“É muito fácil destinar veículo aonde tem muito voto. Mas não estamos pensando em voto, estamos pensando em segurança”, discursou Taques, em seu breve pronunciamento. Antes dele, o secretário-adjunto de Segurança Pública, Fábio Galindo, lembrou que da promessa de campanha do governador de desenvolver Mato Grosso sem deixar ninguém para trás. “Isso é o cumprimento de uma promessa. Beneficiar os piores primeiro”, disse.

Os prefeitos dos municípios beneficiados vieram receber a chave nas próprias mãos. Neurilan Fraga (PSD), prefeito de Nortelândia e presidente da Associação dos Municípios Mato-Grossenses (AMM), falou do quando esse evento devia ser comemorado. “Quando os veículos chegarem nos municípios, é preciso fazer uma nova entrega, porquê isso nunca aconteceu antes. Essas cidades nunca receberam essa atenção”, pontuou Fraga.

As viaturas são caminhonetes Mitsubishi L200 Triton, com padrão internacional de identidade visual. A entrega faz parte do plano de ações Transforma Mato Grosso, divulgado no início de Julho, no qual mais de três mil ações são previstas até dezembro de 2015, com um investimento de R$ 3 bilhões.

O secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque, não pode participar da solenidade devido a problemas no sobrevoo de fazendas de criação de gado na fronteira do Estado com a Bolívia, as quais foram dadas como perdidas pela Justiça e serão revertidas em verbas para adquirir novos equipamentos às forças de segurança.

Recentemente, 1600 cabeças de gado foram leiloadas a fim de reverter a verba para gasto com armas, proteção e viaturas policiais. A primeira ação do tipo foi a apropriação de mais de R$ 3 milhões oriundos do tráfico para a compra de materiais para a Polícia Militar. “É o dinheiro do crime sendo usado contra o crime”.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

2 COMENTÁRIOS

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here