MT: Vereador preso em operação contra tráfico de drogas é indiciado

MT: Vereador preso em operação contra tráfico de drogas é indiciado

0

O vereador Gilmar de Souza Silva, que foi preso nesta quinta-feira (14) por suspeita de fazer parte de uma quadrilha de traficantes, foi indiciado pela Polícia Civil pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico. A quadrilha, que roubava maquinários e trocava por droga na Bolívia, foi alvo de uma operação policial, feita em Mato Grosso e outros quatro estados. Gilmar é vereador da cidade de Araputanga, a 371 km de Cuiabá.

A Câmara Municipal de Araputanga ainda não se posicionou oficialmente sobre o envolvimento do parlamentar com a quadrilha de traficantes. Segundo o delegado Juliano Carvalho, da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), o vereador foi preso por ser um dos intermediadores da quadrilha investigada na Operação ‘Poeira Branca’.

O ‘núcleo’ ao qual Gilmar pertencia trazia maquinários agrícolas, como tratores, furtados ou roubados de São Paulo, para trocar por droga na fronteira de Mato Grosso.

“Ele participava do grupo e foi indiciado por tráfico e associação ao tráfico. Existiam pessoas que furtavam e roubavam os veículos, falsificavam e mandavam para Mato Grosso. Ele [o vereador] estava no núcleo que recebia os veículos e encaminhava para os outros integrantes que trocavam por droga”, explicou o delegado.

A operação ainda ocorre nesta sexta-feira (15). Dos 36 mandados de prisão, 25 já foram cumpridos. O vereador foi encaminhado para a Cadeia Pública de Araputanga. Os maquinários estão avaliados em R$ 150 mil e eram negociados por valores médios de R$ 30 mil, convertidos em tabletes de pasta base de cocaína.

Compartilhar

Deixe um Comentário