Início Cidades Mato Grosso Polícia Civil prende casal acusado de matar haitiano em Rondonópolis

Polícia Civil prende casal acusado de matar haitiano em Rondonópolis

0
Compartilhar
Um casal suspeito do latrocínio de um haitiano foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no final da tarde de segunda-feira (21.09), no município de Rondonópolis (212 km ao Sul). Os acusados, Marcelo Souza Teixeira, 37, e Jaqueline Martioli Viana, 36, foram presos  durante investigação da equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis.
O crime aconteceu no dia 13 de setembro, no bairro Jardim Cuiabá, na cidade, quando a vítima natural do Haiti, Paulene Merzilus, 28, foi morta com um golpe de faca no peito após um assalto. Paulene estava no Brasil há cerca de cinco meses e trabalhava em uma empresa de construção civil.
Durante diligências, os policiais civis da Derf identificaram  Marcelo, suspeito de estar praticando arrastão na região. Conforme informações levantadas, o acusado usando sempre uma faca e de moto abordava pessoas na rua e praticava os roubos.
Com base nos indícios, Marcelo passou a ser monitorado pelos investigadores e acabou sendo surpreendido junto com Jaqueline em uma “boca de fumo” no bairro Jardim Ipiranga.
O casal foi conduzido à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e em interrogatório a acusada confessou o crime. Jaqueline informou que no dia dos fatos estava na garupa da motocicleta que Marcelo dirigia. Na ocasião, a vítima estava na rua quando Marcelo se aproximou, desceu da moto e rendeu o Haitiano. Sem saber explicar se a vítima reagiu, ou não entendeu o que o criminoso disse, os dois entraram em luta corporal, quando Marcelo desferiu um golpe de faca no peito de Paulene, que não resistiu ao ferimento e morreu no local.
Em seguida, no apuro, a dupla fugiu sem levar nenhum pertence da vítima.
Marcelo tem passagem pela polícia pelos crimes de roubo, tentativa de homicídio, e homicídio consumado contra um idoso para roubar cartão. Jaqueline tem passagem por tráfico de drogas. Os dois foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here