Início Cidades Sinop: Adolescente suspeito de matar PM diz que vítima tentou tomar...

Sinop: Adolescente suspeito de matar PM diz que vítima tentou tomar arma

10
Compartilhar

O adolescente de 15 anos, suspeito de ter atirado e matado o tenente-coronel da Polícia Militar, Helton Vagner Martins, de 39 anos, disse em depoimento à Polícia Civil que o policial teria tentado tomar a arma dele durante o assalto, ocorrido na noite de sábado (8) em Sinop, a 503 km de Cuiabá. Os assaltantes invadiram a casa de Helton e renderam a família. O policial e a esposa dele foram baleados.

Três adolescentes, com idades entre 15 e 16 anos, foram detidos. Um quarto assaltante, de 23 anos, foi preso suspeito de participar do crime como motorista da quadrilha.
Eles usavam uma caminhonete de cor preta que pertencia ao mais velho do grupo. Segundo o delegado responsável pelo caso, Marcelo Carvalho, o adulto teria ‘incitado’ os menores a praticarem o roubo.

“No depoimento eles disseram que não sabiam que era a casa de um oficial da PM. Eles entraram para fazer o roubo e quando começaram acharam um boné da PM. Quando ele [o adolescente] foi indagar o tenente, o PM teria tentado desarmá-lo e a esposa teria entrado no meio”, disse ao G1 o delegado.

A versão do adolescente ainda é apurada pelos policiais, uma vez que nem a esposa do tenente-coronel nem outras testemunhas foram interrogadas. “Esse menor de idade que atirou é conhecido, tem várias passagens por roubos. Esses adolescentes são violentos, nos outros assaltos eles batiam nas vítimas. Vamos apurar se o crime foi encomendado ou se eles, ao perceberem que era um policial, mataram só por ele ser PM”, informou Carvalho.

De acordo com a Polícia Civil, os três adolescentes já foram apresentados ao Ministério Público Estadual (MPE) e devem ser transferidos para unidades socioeducativas do estado. O adulto foi encaminhado para a Penitenciária Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem), em Sinop.

Outras quatro pessoas, familiares dos envolvidos, foram presos por darem apoio aos suspeitos e outros por esconderem a arma do crime.

O caso
O tenente-coronel foi abordado na porta de casa, por volta das 19h30 de sábado, quando lavava o carro. Os bandidos levaram PM para dentro da residência, juntamente com o filho dele. Um dos assaltantes, então, teria reconhecido o policial e mandado outro bandido atirar. O PM levou dois tiros no peito, um no tórax e um na cabeça.

A mulher dele estava na casa e foi atingida por três tiros. Ela passou por cirurgia e está internada em um hospital em Sinop. Os dois filhos menores do casal e uma sobrinha também estavam na residência. Nenhum deles se feriu.

O tenente-coronel chegou a ser levado por um carro da PM até o hospital e ficou internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu na madrugada de domingo (9). A vítima atuava havia 7 anos no município e tinha 22 anos de carreira na PM do estado, informou a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O corpo do policial foi transladado para velório na tarde de domingo para Cuiabá. A previsão é de que sepultamento ocorra na tarde desta segunda-feira (10), no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

10 COMENTÁRIOS

    • Mexeram com pessoa errada???? E Existe pessoa certa ??? Retardado vc é um daquela laia das madames, cocoricó. Que acha que conhece por ter visto, ouvido falar de, que acha que pode provocar insultar que nada vai acontecer, a ora que morre ó que bandido.
      Povo brasileiro sem educação, achar que dá para “mexer” com os outros, destruir vida dos outros atoa, com palavras ai o indivíduo não consegue ir pra frente na vida e pode optar em seguir a carreira dos “trutas”.
      criminalidade no Brasil alta é o que o povo merece.
      Tu não tão se sentindo seguro para andar na rua ” tu de consciência pesada” tem alguma pendência prático bullying em alguém insultou alguém, não existe polícia ou segurança pública no mundo o suficiente para impedir uma vingança, com força de bondade e a motivação da vida destruída pela chacota, mais um defuntos ou suicídio ou carnificina.
      Poucos jovem corajosos no Brasil fizeram o certo mas nem chego perto do que os americanos fazem. Massacres.

  1. ELEIÇÃO ESTA CHEGANDO. MAIORIDADE PENAL JÁ. Chega da sociedade aceitar que sejam usados as crianças e os adolescentes para matar, roubar, traficar e tantas barbaridades, por sair impunes.

    • Maioridade penal, Isso ai vão poder comprar cerveja cigarro, kkkk
      Não pode só entregar o direito de ser penalizado, sem usufruir dos benefícios da lei.
      Maioridade penal, não resolve nada isso é coisa dos mágicos ” políticos ” desvio de atenção dos mais vagabundos, preferiam reduzir a maioridade ao invés de reformar o estatuto da criança e adolescente.
      Quantas vítimas vão ficar se justifica, o bandido de outro foi punido o meu bandidos não? Quase um grave erro, no caso de fazer um trabalho dos mais vagabundos deveriam criar algo diferente, onde não importaria a idade do meliante, 1 ano ou 17, os indivíduos seriam avaliados independentemente, Para ser julgado como adulto.
      E outra todos saber da responsabilidade dos pais e das pessoal próximas a criança em relação a educação.
      Os responsáveis legais por menores infratores deveriam responder pelo crime cometido pelo menor.

  2. Coitado o menino é inocente a culpa é do policial por ser política, ele só queria a saltar e dar uns tiros, se alguém reagir, nós que trabalhamos dia e noite, noite é dia não podemos nem defender nossa família, pois esses miserável que vieram de um buraco e os culpados são quem colocou eles na terra, não estão nem aí pra nós. ..

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here