Sinop: Justiça absolve PM acusado de matar homem durante briga de casal

Sinop: Justiça absolve PM acusado de matar homem durante briga de casal

1

O policial militar Adriano Ribeiro de Jesus, de 39 anos, acusado de matar um homem durante uma briga de casal no município de Sinop, a 503 km de Cuiabá, em 2009, foi absolvido pela Justiça. Adriano foi julgado no Tribunal do Júri na Comarca daquele município nesta quinta-feira (24). De acordo com a decisão proferida pela juíza Rosângela Zacarkim dos Santos, da 1ª Vara Criminal de Sinop, Adriano foi absolvido pela maioria do voto dos jurados.

Adriano foi julgado pela morte de Cleomar Gonçalves da Silva ocorrida em maio de 2009, no Bairro Residencial Gente Feliz. Segundo o processo, o PM estava de folga quando recebeu a informação de que um casal de vizinhos estava discutindo e que o homem, armado com um facão, perseguia o enteado. Na ocasião, ele pegou a arma e foi até o local para tentar acabar com a briga.

No local, ele deu ordem ao homem para que largasse a arma e que ele deitasse no chão, o que não foi atendido. Nesse momento, de acordo com o processo, o suspeito foi em direção ao policial, que disparou para tentar impedi-lo.

Em depoimento, o policial alegou que tentou acetar a perna da vítima, mas o tiro acertou a barrida da vítima, devido ao movimento na direção dele.

A defesa do PM alegou que ele agiu em legítima defesa, pois “ao se deparar com a briga que estava ocorrendo entre a vítima e seu enteado, o réu viu-se obrigado a intervir para apaziguar a situação, já que uma de suas funções como policial militar é manter a paz social, independentemente de estar ou não em horário de trabalho”.

André Souza do G1 MT/foto reprodução

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

Deixe um Comentário