Sinop: Polícia ainda não tem pistas sobre morte de adolescente

Sinop: Polícia ainda não tem pistas sobre morte de adolescente

0

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar a morte da adolescente R.P., de 16 anos, executada a tiros na madrugada do último sábado (17), em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

Segundo o delegado Carlos Eduardo Muniz, que está a frente do caso, algumas pessoas já foram ouvidas, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

O delegado considerou como “irrelevante” alguns áudios que estão circulando pelo WhatsApp, onde pessoas não identificadas narram o ocorrido e inclusive mencionam o nome do suspeito do crime.

“Ainda não há informação concreta, estamos investigando, não tivemos nada de relevante diante desses áudios. Ainda temos muitas pessoas para ouvir, prefiro não falar mais nada a respeito para não atrapalhar as investigações”, disse.

A execução

O crime ocorreu por volta das 4h da manhã, quando a jovem estava com um grupo de amigos, ocasião em que um veículo branco (marca e modelos não confirmados) se aproximou e um ocupante fez os disparos.

Ela foi atingida com três tiros: dois na nuca e um na cabeça. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas apenas constatou a morte da jovem ainda no local.

A Polícia Militar foi até o local, fez rondas na região mas não conseguiram encontrar nenhum suspeito.

A adolescente era natural de São Paulo e estava morando e estudando em um colégio particular de Sinop.

O corpo da estudante foi enterrado no último domingo (18), no cemitério municipal.

Midia News/Jad Laranjeira

Compartilhar