Início Agronegócio Sorriso: Encontro debate comercialização e viabilidade econômica da piscicultura

Sorriso: Encontro debate comercialização e viabilidade econômica da piscicultura

0
Compartilhar

Piscicultores de toda a região Médio Norte estão reunidos hoje (07), em Sorriso, no Encontro de Piscicultores promovido pelo Sebrae de Mato Grosso.

A Prefeitura Municipal de Sorriso é parceira do evento, que acontece nesta quinta e sexta-feira (07 e 08) no auditório da Associação Comercial e Empresarial (ACES).

Na agricultura, a piscicultura é um dos focos do Sebrae em Mato Grosso, com um programa desenvolvido há nove anos em parceria com a Associação dos Aquicultores do Estado de Mato Grosso (Aquamat) que atende piscicultores, técnicos e indústrias de ração e insumos, oferecendo consultoria técnica e capacitação através de uma rede de profissionais e parceiros.

Segundo dados da instituição, Sorriso está em primeiro lugar na produção de peixes no país (despescou 21 mil ton em 2013 ou 5,6% da produção nacional) e de acordo com a gestora estadual do projeto de piscicultura do Sebrae em Mato Grosso, Valéria Louise da Silva Pires, o objetivo do encontro é reunir profissionais para aquisição de novos conhecimentos, integrar a cadeia produtiva e melhorar a qualidade do produto. “Sorriso é destaque no Brasil como precursor na produção de peixe de água doce. Por isso, esse encontro traz oportunidade para agregar valor à produção e às propriedades rurais. Agradecemos a Prefeitura pela parceria, pois essa interação é importante para nós e para o município, pois facilita nosso trabalho e os resultados chegam mais rápido”, disse.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Afrânio Migliari representou o prefeito municipal, Dilceu Rossato na abertura do evento. Para ele, não só Sorriso, mas toda a região tem potencial para a criação de peixe. “Nossa região produz duas matérias primas básicas para a produção de peixe que é a soja e o milho e se a gente puder agregar valor, com a produção de carne, através do peixe, poderemos levar isso não só para o Estado, mas para todo o Brasil e quiçá para fora do país. Para isso, precisamos ter uma cadeia produtiva formada e o Sebrae vem a ser um grande parceiro para que possamos produzir cada vez mais e com excelência”, salientou.

Programação do Encontro:

Hoje a programação será das 8 às 17h e contará com palestras e debates técnicos. Um dos palestrantes é o consultor Fernando Kubtiza, engenheiro agrônomo mestre em Nutrição Animal e doutor em Aquicultura pela Auburn University (Alabama, EUA).

Na sexta-feira (08) os participantes irão à propriedade da Delicious Fish, indústria e frigorífico de peixes congelados e ‘in natura’, para dia de campo, das 8 às 11h, onde vão almoçar. Em estações de trabalho, eles vão aprender a identificar problemas sanitários, monitorar a qualidade de água dos viveiros, biometria e despesca.

Dia 07/05:

9h às 10h30 – Mercado e comercialização de peixes

10h30 às 12h – Sanidade de peixes em viveiros

12h às 14h – Almoço

14h às 14h30 – Fala do piscicultor

14h30 às 15h30 – Viabilidade econômica da piscicultura

15h30 às 16h – Intervalo

16h às 17h – Oportunidades de produção de peixes em tanque rede

Dia 08/05 – Dia de Campo na propriedade da Delicious Fish em Sorriso

8h às 12h – Apresentação em estações de trabalho: identificação de problemas sanitários em peixes, monitoramento da qualidade de água dos viveiros, biometria e despesca.

Mais informações: www.mt.sebrae.br

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here